terça-feira, 12 de junho de 2018

GPLV realiza 10º Seminário em novembro

Corumbá sedia, no segundo semestre deste ano, o 10º Seminário do GPLV. Será nos dias 5, 6 e 7 de novembro (ajuste seu calendário: na primeira informação do evento o Seminário seria em outubro), no Câmpus 1 da UFMS e no Anfiteatro Salomão Baruki (ao lado do Câmpus 2).
Preside a Comissão Organizadora do evento a Profa. Eunice Prudenciano de Souza, sendo secretária a doutoranda Natália Tano Portela.
Nos seminários do Grupo de Pesquisa Literatura e Vida, que é itinerante é já ocorreu em Ituiutaba, MG, Três Lagoas, MS, Aquidauana, MS, e retorna agora a Corumbá, ocorrem palestras, mesas-redondas, comunicações, debate de pesquisas em andamento e debate de projetos a serem desenvolvidos.
Mais informações serão divulgadas em breve pela Comissão Organizadora.

sábado, 19 de maio de 2018

CONVOCAÇÃO



Ficam convocados os integrantes do Grupo de Pesquisa Literatura e Vida, GPLV, e convidados os demais interessados, para reunião do GPLV, no dia 25 de maio, sexta-feira, no Câmpus 1 da UFMS de Três Lagoas, das 16:30h às 18:30h, para discutirem e deliberarem sobre a seguinte pauta:

1.     Informes;
2.   Replanejamento do 10º Seminário do GPLV.
3.   Expediente.



Três Lagoas, 19 de maio de 2018.
Rauer Ribeiro Rodrigues/Líder do GPLV
Eunice Prudenciano de Souza/Co-Líder do GPLV

terça-feira, 1 de maio de 2018

MANOEL DE BARROS: 80 ANOS FORA DA ASA

MANOEL DE BARROS: 
80 YEARS “FLYING OFF THE WING”

          A edição nº 24 da Guavira Letras
​periódico ​
do PPG-Letras Mestrado e Doutorado da UFMS de Três Lagoas, 
​traz o 
“Dossiê: Manoel de Barros - 80 anos fora da asa”.
​ 
O número, do primeiro semestre de 2017, é todo dedicado a Manoel de Barros.  ​

​          Em uma de suas seções, o
 “Dossiê” reproduz 
​Biografia, listagem da obra do poeta e Fortuna Crítica elaborada pelo
 GPLV - Grupo de Pesquisa Literatura e Vida
​, cuja origem na internet está neste blog, na aba "Fortuna Crítica". 

    O Dossiê
 apresenta documentos inéditos 
​a partir de 
entrevistas e cartas de Barros, e traz estudos essenciais sobre a obra do poeta. 
​Reproduz, ainda, entrevistas fundamentais concedidas por Manoel de Barros, entrevistas publicadas originalmente em jornais ou livros hoje difíceis de localizar. Na seção "Corixos", estudos inéditos e originais submetidos a esta edição da Guavira Letras.

            Acesse a revista e divulgue o “Dossiê”, com certeza a melhor publicação sobre Manoel de Barros hoje disponível na internet. 


             Veja abaixo resumo e sumário da revista:

N. 24 (2017)
MANOEL DE BARROS: 80 ANOS FORA DA ASA 

Em 1937, aos 21 anos, Manoel de Barros publicou seu livro de estreia, Poemas Concebidos Sem Pecado. Ao longo de sua carreira, lançou mais de três dezenas de livros, firmando voz singular na literatura brasileira contemporânea. Indagado sobre qual das metáforas para designar a poesia, entre as muitas que criou, seria a sua favorita, respondeu: "poesia é voar fora da asa". De fato, a imagem, polissêmica e logicamente perturbadora, representa bem o ethos da poesia de Barros. O Dossiê que aqui se propõe visa recolher estudos que tratem da obra de Manoel de Barros, sem delimitar corpus, sem restrições teórico-metodológicas, permitindo que também os articulistas - no âmbito dos princípios dos estudos literários, linguísticos, filosóficos, comparatistas, históricos ou de outras vertentes - voem fora da asa. Esta proposta se apresenta como uma comemoração dos 80 anos do surgimento do poeta; entretanto, mais que panegírico ou efeméride, importa aqui verticalizar, ampliar, descobrir novos veios e novas abordagens na obra múltipla, inquieta, profundamente autoral, do poeta que, recriando o Pantanal sul-mato-grossense, criou um universo poético sem paralelo, a partir de inusitada recriação da língua portuguesa, ao buscar a origem “fontana” das palavras.

MANOEL DE BARROS: 
80 YEARS "FLYING OFF THE WING"

In 1937, Manoel de Barros was 21 years old, published his first book: Poemas Concebidos Sem Pecado. Throughout your career, launched more than three dozen books, firming a status around the brazilian literature contemporary. Asked about which of the metaphors to designate the poetry, among the many who created, would be your favorite, replied: "poetry is flying off the wing". In fact, the image, polysemic and logically disturbing, represents well the ethos of the poetry of Manoel de Barros. The Dossier that proposed aims to collect studies dealing with the work of Manoel de Barros, without quoting corpus, without theoretical-methodological constraints, allowing also the columnists - under the principles of literary, linguistic, philosophical studies, comparative, historical or other aspects - fly off the wing. This proposal is presented as a celebration of 80 years of the emergence of the poet; however, more than panegyric or ephemeris, matter here open, enlarge, and discover new approaches in the Manoel de Barros’ work. His restless and deeply poetry, the poet who, rebuilding the Pantanal in the south of Mato Grosso, created an unparalleled poetic universe, from unusual re-creation of the Portuguese language, searching the origin of the words.

EDIÇÃO COMPLETA
Ver ou baixar a edição completa: aqui (283 p.).

EDITORIAL
Arnaldo SARAIVA (Universidade do Porto - Portugal), Marcelo MARINHO (UNILA), Kelcilene GRÁCIA-RODRIGUES (UFMS/Três Lagoas)

MANOEL DE BARROS: 80 ANOS FORA DA ASA
Voar fora da asa: para sempre / Voar fora da asa: forever
Kelcilene GRÁCIA-RODRIGUES (UFMS/Três Lagoas)

ACHADOUROS - ENTREVISTAS COM MANOEL / ACHADOUROS - INTERVIEW WITH MANOEL

As coisas que não existem são mais bonitas (Entrevista com o poeta Manoel de Barros) / As coisas que não existem são mais bonitas (Interview with the poet Manoel de Barros)
Alberto PUCHEU (UFRJ)

Encontros / Meetings
Kelcilene GRÁCIA-RODRIGUES (UFMS/Três Lagoas)

Nas raízes da memória: entrevista com o poeta Manoel de Barros, em 21 de setembro de 2006 / In the roots of memory: interview with the poet Manoel de Barros, on September 21, 2006
Francesca DEGLI ATTI (Università del Salento - Itália), Kelcilene GRÁCIA-RODRIGUES (UFMS/Três Lagoas), Rauer Ribeiro RODRIGUES (UFMS/Corumbá)

CORIXOS - ESTUDOS SOBRE BARROS / CORIXOS - BARROS STUDIES

Manoel de Barros: Retrato do artista quando coisa / Manoel de Barros: Retrato do artista quando coisa
Arnaldo SARAIVA (Universidade do Porto - Portugal)

A poesia de Manoel de Barros no limiar dos intertextos: de Poemas concebidos sem pecado a Escritos em verbal de ave / The poetry s’Manoel de Barros on the threshold of intertexts: Poemas concebidos sem pecado a Escritos em verbal de ave
Rosidelma Pereira FRAGA (UERR)

Racionalidade e poesia em Manoel de Barros / Rationality and poetry in Manoel de Barros
Paulo Eduardo Benites de MORAES (UEMS/Jardim)

Um olhar semiótico sobre o poema “O fazedor de amanhecer”, de Manoel de Barros / A semiotic look at the poem “O fazedor de amanhecer”, by Manoel de Barros
Maria Luceli Faria BATISTOTE (UFMS/Campo Grande), Tamires Dantas Pereira CÂNDIDO (UFMS/Campo Grande)

Pedagogia da ignorãça: Uma leitura de Manoel de Barros / Pedagogy of ignorãça: A Manoel de Barros´s reading
Anelito Pereira de OLIVEIRA (UNIMONTES), Aurora Cardoso de QUADROS (UNIMONTES)

Orientalismo na Poesia de Manoel de Barros / Orientalism in the Poetry of Manoel de Barros
Patrícia de VASCONCELOS (Unesa)

Manoel de Barros: a empoética terapêutica / Manoel de Barros: the therapeutic empoetic
Elton Luiz Leite de SOUZA (UniRio)

Garatujei meus pássaros até a última natureza: poesia, parola e segno grafico in Concerto a céu aberto para solos de ave / Garatujei meus pássaros até a última natureza: poetry, word and graphic sign in Concerto a céu aberto para solos de ave
Francesca DEGLI ATTI (Università del Salento)

Manoel de Barros: a desbiografia de um poeta singular / Manoel de Barros: the debiography of a singular poet
Renata LISBÔA (PUC-RS)

O mundo renovado por Manoel de Barros / The world renovated by Manoel de Barros
Yanna Karlla CUNHA (FURG), Raquel de SOUZA (FURG)

No horizonte do possível: a Morte no Escritos em verbal de ave, de Manoel de Barros / On the horizon of possible: the Death in Escritos em verbal de ave by Manoel de Barros
Waleska Rodrigues de Matos Oliveira MARTINS (UFRB)

Manoel de Barros: A palavra é um punhal que brilha, rasga e fere / Manoel de Barros: The word is a dagger that shines, shreds and wounds
Kelcilene GRÁCIA-RODRIGUES (UFMS/Três Lagoas)

PALAVRAS FONTANAS - CARTAS DO POETA / PALAVRAS FONTANAS - POET'S LETTERS

Os Desenhos de uma voz (sobre as conversas por escrito de Manoel de Barros) / Os Desenhos de uma voz (about conversation in writing by Manoel de Barros)
Adalberto MÜLLER (UFF)

DESLIMITES - VIDA, OBRA E FORTUNA CRÍTICA DE MANOEL DE BARROS/DESLIMITES - BIOGRAPHY, WORK AND CRITICAL ESSAYS OF MANOEL

Grupo de Pesquisa Literatura e Vida - GPLV - Manoel de Barros (UFMS/Três Lagoas)

terça-feira, 27 de fevereiro de 2018

10º Seminário do GPLV será em outubro em Corumbá

            O 10º Seminário do Grupo de Pesquisa Literatura e Vida, GPLV, acontecerá nos dia 8, 9 e 10 de outubro de 2018, em Corumbá, no Câmpus do Pantanal da UFMS. Haverá, como sempre, debate de pesquisas em andamento, debate de projetos de pesquisa, sessões de comunicações, mesas-redondas, palestras.

           Normalmente, o GPLV realiza dois seminários a cada no, um no primeiro semestre e outro no segundo semestre. No entanto, agora, no marco da décima edição, o Grupo deliberou realizar somente um evento, com as pompas decorrentes do número redondo.

          Os seminários anteriores foram realizados em Três Lagoas, onde, no PPG-Letras Mestrado e Doutorado / Estudos Literários da UFMS, o GPLV tem sua base, em Ituiutaba, Minas Gerais, em eventos com foco na obra do escritor Luiz Vilela, em Aquidauana e em Corumbá.

          Também no espírito dos eventos anteriores, o mote e denominação do evento ressaltam linha de força que permeia as pesquisas do Grupo, mas não impedem que trabalhos de outra matriz ou tema sejam apresentados e debatido.

           Em mais alguns dias, aqui mesmo, publicaremos novas  informações e detalhes deste 10º Seminário do Grupo de Pesquisa Literatura e Vida.

quinta-feira, 15 de fevereiro de 2018

CONVOCATÓRIA
Reunião do GPLV

Estão convocados os membros do Grupo de Pesquisa Literatura e Vida, e convidados os demais interessados, para reunião do GPLV no dia 23/2, das 8h30 às 11h, com a seguinte Ordem do Dia:
1. Informes; 2. Publicações de livros em 2018; 3. Outras Publicações em 2018; 4. Eventos para o biênio 2028-2019; 5. Expediente. 
Três Lagoas, 12 de Fevereiro de 2018. 

Prof. Dr. Rauer Ribeiro Rodrigues
Líder do GPLV
CPAN/UFMS
Profa. Dra. Eunice Prudenciano de Souza
Co-Líder do GPLV
CPTL/UFMS

terça-feira, 26 de dezembro de 2017

AGENDA IMPERDÍVEL PARA 2018


CONVITE

Temos a satisfação de convidar para as bancas de qualificação e defesa, de mestrado e doutorado, que acontecem em fevereiro de 2018. Confira a programação:

Dia 21/2, defesa do Profletras do Edemir Bagon, O microconto em sala de aula, às 14h30.

Dia 22/2, qualificação de mestrado da Maria do Socorro, O acervo de Alciene Ribeiro, às 9h30.

Dia 22/2, defesa de mestrado da Natália Tano, Três faces da mulher em contos de Alciene Ribeiro, às 14h30.

Dia 23/2, defesa de doutorado da Enedir Santos, Erotismo como resistência na obra de três escritoras brasileiras, às 13h30.

 Todas as bancas serão na Unidade I da UFMS,  Câmpus de Três Lagoas.

quarta-feira, 29 de novembro de 2017

TCC apresenta espaço urbano de Corumbá evocado na obra inaugural de Manoel de Barros

CONVITE
Como orientador dos trabalhos e presidente das bancas, tenho a satisfação de convidar para as bancas de apresentação e arguição dos Trabalhos de Conclusão de Curso (TCC) dos graduandos Mariana da Silva Santos e Pedro Mauro Sobrinho da Costa Garcia, conforme a seguinte programação:
Dia 2/12, sábado, às 8h, na Sala 6 da Unidade II: 
O espaço urbano em Poemas Concebidos Sem Pecado, de Manoel de Barros, com fotos dos locais representados, por Mariana da Silva Santos, sendo arguidores os Profs. Drs. Alcione Maria dos Santos e Fabiano Quadros Rückert;
Dia 7/12, quinta-feira, às 15h30, na Sala 6 da Unidade II: 
Personagens femininas, narrador e ponto de vista: leitura do conto "A porta de serviço é serventia da morte", de Alciene Ribeiro, por Pedro Mauro Sobrinho da Costa Garcia, sendo arguidores os Profs. Drs. Alcione Maria dos Santos e Alfredo Ricardo Silva Lopes.
Contamos com sua presença.
​Cordial abraço,

Prof. ​
Rauer.